terça-feira, 30 de março de 2010

Trânsito


MOTORISTA, MOTOQUEIRO, CICLISTA E PEDESTRE, A SEGURANÇA NO TRÂNSITO DEPENDEDE TODOS NÓS.
O OBJETIVO É EVITAR QUE VENHAMOS A SOFRER DORES OU TRANSTORNOS.
CONVIDAMOS TODOS OS EMPREGADOS A COLABORAR CONSIGO MESMO E COM O PRÓXIMO EVITANDO, ESTA FORMA, CONSEQÜÊNCIAS INDESEJADAS.


Eu, motorista, posso:



  • Sofrer desde pequenas escoriações, invalidez e até a morte.


  • Ter danos materiais, envolvendo o meu e outros veículos.


  • Responder a processos judiciais em caso de danos físicos e materiais.


  • Incorrer no pagamento de taxas, multas e retenção da carteira de habilitação, além de providenciar o laudo policial da ocorrência.


  • Até desfazer-me, do veículo devido à despesas.

Eu, motociclista, ciclista ou pedestre, posso:




  • Sofrer graves ferimentos, e não poder mais trabalhar e me divertir.


  • Causar ferimentos à minha família.


  • Não poder participar da vida dos meus filhos.


  • Deixar as pessoas que acidentaram em situações difíceis, devido à minha culpa.


  • Ser culpado de provocar a morte de outras pessoas por motivo de minha desatenção no trânsito.


  • Sofrer dores insuportáveis.


  • Andar de cadeira de rodas ou permanecer no leito para sempre.


  • Correr o risco de não ser socorrido prontamente.


  • Morrer.

TODOS OS PROBLEMAS ACIMA PODEM, NA MAIORIA DOS CASOS,
SER EVITADOS. BASTA CUMPRIR A SUA PARTE NA SEGURANÇA DO TRÂNSITO. COLABORE E VIVA FELIZ!


Postar um comentário