terça-feira, 26 de maio de 2009

PROTEÇÃO DOS OLHOS

Com tanta conversa a respeito de segurança, algumas vezes nos esquecemos do óbvio.
A segurança é uma questão pessoal. As máquinas com que trabalhamos podem ter suas proteções, mas se não a usarmos, elas não cumprirão seus papéis.
Podemos estar com os nossos óculos de segurança, mas se não usarmos, eles não irão nos proteger.
O que conta a longo prazo é a crença firme de termos de fazer tudo para podermos trabalhar com segurança. Nós temos de usar o equipamento de proteção individual se quisemos ter um bom desempenho em segurança.
Ninguém poderá fazer a segurança por nós.
Suporta que você seja um daqueles que acreditam na importância de proteger sua visão em qualquer circunstância e que aja de acordo com esta idéia o tempo todo.
Quando alguém da turma quiser gozar você por excesso de zelo, o que você faz? Você decide não se envolver e se afasta, ou então diz à pessoa a razão que faz proteger seus olhos mesmo que o risco seja pequeno.
Talvez com isso você leve a pessoa a refletir e leve-a a chegar na mesma conclusão que você. Os dispositivos para proteção dos olhos tem sido empregados na indústria desde 1910.
Talvez algum de vocês conheçam alguém que tenha recebido um ferimento no olho ou que tenha ficado cego por não estar usando óculos de segurança na hora certa. Algumas partículas podem atingir seus olhos de forma muito violenta, podendo ocorrer a perda de uma das vistas.
Vários tipos de óculos de segurança estão disponíveis para proteger seus olhos contra partículas, aerodispersoides, vapores e líquidos corrosivos. Dependendo da tarefa você pode usar os óculos ou protetores faciais ou máscaras faciais.
A soldagem requer a proteção dos olhos na forma de um capacete para impedir que raios infravermelhos e ultravioletas atinjam seus olhos. Os soldadores devem usar óculos que protejam contra o arremesso de partículas. Sempre que houver a presença de partículas em nossas atividades deve-se fazer uso dos óculos de segurança.
Você sabe que precisa de apenas urna partícula de esmeril para acabar com sua visão? Você sabe que o respingo de um produto químico corrosivo é o suficiente para cegar? Algumas vezes você arranja uma desculpa para não usar óculos de segurança.
Uma das desculpas mais freqüentes é: “eles atrapalham minha visão”, “eles são desconfortáveis”, “eles me fazem ficar ridículo”, “eles embaçam”.
Sempre que a proteção para seus olhos o aborrecer, lembre-se apenas que você não poderá enxergar através de um olho de vidro, ou sempre terá que usar um instrumento para cobrir aquela vista perdida.
A pior desculpa de todas é aquela que diz que o trabalho é rápido, leva apenas 1 minuto. O acidente leva muito menos. E o transtorno será o resto da vida.
Uma das frases mais usadas é: “Eu me esqueci...”. É usada freqüentemente como desculpa para não usar o óculos. Não estamos dizendo que podemos nos esquecer uma vez que outra, isso acontece.
Porém, basta que você se esqueça uma única vez de colocar os óculos para que este esquecimento, esse lapso de memória, seja o mais caro em toda a sua vida. Portanto, faça o uso dos óculos de segurança uma questão de hábito.
Pense no seguinte: não existe uma boa razão para que alguém não proteja os próprios olhos. A visão não tem preço assim, sendo use a proteção para seus olhos.

Um comentário:

gbscunha disse...

A seguraça só tem validade se é entendentida qué é valida quando é praticadas por todos e para todos e não porque é impotante para mim.Pois a sua autoproteção de forma desatenta pode causar a vida do outro. E que cada um seje coresponsável pela segurança do outro. Essa interdepedência ajudará
de forma decisiva na redução do acidente dentro e fora dolocal de trabalho.