segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Credo da Segurança do Trabalho

Cremos que todo homem tem dentro de si a responsabilidade incontestável de afastar-se dos caminhos inseguros. 

Este é seu dever para consigo mesmo, sua família, seus colegas e seu trabalho.

Cremos que nenhum homem vive ou trabalha completamente só. 

Ele se envolve com todos, é influenciado pelas realizações e marcado pelos fracassos com o próximo/seus companheiros.

Cada homem que fracassa com o próximo, falha consigo mesmo e partilhará o peso do fracasso. 

O verdadeiro horror de um acidente é constatar que o homem fracassou. 

E, mais, que seus companheiros também fracassaram.

Cremos que os acidentes são gerados por práticas inseguras, nascem nos momentos de ações impensadas e cessarão.

Credo da segurança somente quando a prática segura for suficientemente forte para preceder a ação, quando a prática correta criar o hábito que controla o ato.

Cremos que a prevenção de acidentes é um objetivo que se encontra em todo e qualquer nível hierárquico, organização e procedimento.

Cremos que se livrar dos riscos não é um privilégio, mas a meta a ser atingida e perpetuada, por todos, dia a dia.

Cremos que a eliminação do sofrimento ocasionado por acidentes é um dever moral, cuja medida adequada dependediretamente do nosso desempenho.
Postar um comentário