quinta-feira, 10 de junho de 2010

“Jogar para ganhar resulta de inspiração... Jogar para não perder resulta de desespero”.

“Jogar para ganhar resulta de inspiração... Jogar para não perder resulta de desespero”.Gilclér Regina

Entrar no Jogo para Ganhar!
Peça a um treinador ou técnico que diga qual é a diferença entre o melhor e o pior time. Ele lhe dirá que existe pouca diferença entre os jogadores quanto ao físico, ao talento e à capacidade. Mas também lhe dirá que a maior diferença está no aspecto emocional.

Mudam-se os personagens, a história continua a mesma. Vemos times serem batidos e eram considerados os melhores. A superação e a força emocional de uma equipe considerada inferior fazem toda a diferença.

O time vencedor demonstra dedicação e faz um esforço adicional. Há uma vontade maior de ganhar. Correm pelo prato de comida. Para o vencedor, quanto mais difícil for a competição maior será o estímulo, a motivação, o desempenho e mais saborosa será a vitória.

Mesmo times de craques, mas que tem essa motivação extra provam que são verdadeiros campeões.

Quando vejo o Silvio Santos falando na televisão (e tenho a honra de prestar serviço para algumas de suas empresas), tenho a impressão de que quando ele está vendendo o Jequiti ou a Tele Sena ele age e o seu olho brilha como se precisasse daquele dinheiro para pagar a conta da luz no final do dia ou o prato de comida da janta.

Todo vendedor deveria aprender com este maior camelô de todos os tempos, pois se temos um Rei no futebol que é o Pelé, um rei na música que é o Roberto Carlos, o Sílvio é o Reiem negócios. Só um rei pode construir tudo isso a partir do absolutamente zero.

Não há circunstância ideal. Nunca haverá. Para chegar ao seu destino, você não pode desviar nem lançar âncora. Precisa navegar com o vento e, às vezes, contra o vento, mas precisa navegar.

Quando tudo dá errado, temos duas formas de reagir. Uma é reagir de forma responsável, aprender com o episódio que nos causou transtorno e outra é ficar ressentido. A escolha é nossa. E certamente essa escolha nos ajudará a escrever as páginas do nosso destino.

Não há segredo. Time que entra para empatar já começa perdendo de um a zero. O sucesso não é um acaso. O sucesso é atitude. Prosperidade e vitórias são construídas como resultado de nossos pensamentos.

Tem que aprender com quem é referência. Quando eu vou caminhar ou correr, escolho sempre alguém que está num pique bom para segui-lo como referência, meu ritmo melhora sempre.

Pense nos quenianos e seus chamados “coelhos”, isto é, aquele que puxa num ritmo mais forte, depois é ultrapassado mas deu ritmo aos outros... Correm sempre em pequenos grupos para que um seja o vitorioso. Entrar no jogo para ganhar é saber também trabalhar em equipe.

E finalmente, integridade e sabedoria são os dois pilares sobre os quais se devem criar e manter compromissos. Integridade é manter compromissos mesmo quando se perde dinheiro e sabedoria é não firmar tais compromissos.

Jogar para ganhar exige compromisso.

recebi por email e gostei
agradeço a contribuição do Jorge Pedro
Postar um comentário