terça-feira, 30 de março de 2010

Riscos dos recipientes ou sistemas pressurizados

O óleo hidráulico, graxas, tintas, óleo combustível, gases e assim por diante, que são pressurizados, são muito úteis em nosso trabalho, mas quando são manuseados
sem o devido respeito quanto a seus riscos potenciais, esses ajudantes se tornam verdadeiros matadores.

Os cilindros com gás comprimido geralmente são reconhecidos como recipientes de armazenamento para materiais sob alta pressão e todos nós já lemos a respeito de danos devastadores causados por cilindros vazando ou com rupturas.

Alguns cuidados para quando trabalhar com eles, são dados a seguir:

  • Trate todos os cilindros como se estivessem cheios.
  • Mantenha-os presos.
  • Não os utilize como bancadas de trabalho.
  • Mantenha todas as tampas e proteções de válvulas no lugar quando manuseá-las ou transportá-las.
  • Aceite somente aqueles cilindros que forem hidrostaticamente testados dentro da periodicidade préestabelecida e que não estejam fisicamente danificados ou
    deteriorados.

O óleo hidráulico que movimenta peças móveis de maquinário é a “mula de carga” para a moderna tecnologia, mas é também um inimigo mortal se não for controlado.

Todos nós somos capazes de perceber um grande vazamento numa rede hidráulica, mas a maioria de nós é incapaz de perceber pequenos vazamentos do tamanho de um furo de agulha. Esses vazamentos são os mais perigosos, quando parte do nosso corpo ficam expostas muito perto de seus esguichos.

Nunca use suas mãos para localizar uma suspeita de vazamento nem as coloque sobre um vazamento. Não procure o vazamento aproximando seu ouvido para ouvir de onde vem
o chiado. A pressão do vazamento do líquido pode facilmente perfurar seu tímpano.

Outros riscos de pressão menos reconhecíveis à nossa volta vêm de graxeiras pressurizadas, óleo combustível atomizado, latas de aerossol e latas de tinta pressurizadas. As graxeiras, de aparência inocente, podem ser perigosas como uma arma de fogo, porque podem atirar a graxa diretamente para dentro do corpo de alguém, com uma força tremenda.

O óleo combustível atomizado, combustível esguichado num “spray” muito fino mas sob grande pressão, pode matar.

Qualquer lata de aerossol é perigosa se armazenada num local quente, perfurada, se jogada no fogo ou se jogada fora de maneira inadequada.

Certas tintas lançadas em spray sobre o corpo, em quantidades suficientes ou sob pressão suficiente, podem causar a morte.

Os sistemas ou recipientes pressurizados têm tomado nosso trabalho mais fácil, mas devemos reconhecer o potencial que têm para ferir, tomando os cuidados adequados.

Postar um comentário