terça-feira, 2 de março de 2010

Empilhe da maneira correta

Gastamos uma boa parte de nosso trabalho empilhando coisas e depois desfazendo estas pilhas, quando precisamos novamente do material empilhado. Isso é uma coisa tão natural de fazer que algumas vezes nos esquecemos de que estamos empilhando muito alto, tornando a pilha um perigo para nós e para outras pessoas.
Suponha que esteja empilhando material do jeito antigo.
Você joga as coisas grandes sobre as pequenas; você deixa partes enfiadas ou penduradas. Algumas vezes as coisas caem enquanto você está empilhando, mas se você não se importar de levantar algumas coisas duas ou três vezes, em vez de uma vez só, você consegue fazer o serviço do jeito mais desleixado.
Mas o que pode acontecer depois disto? Provavelmente, quando você estiver passando por esse “amontoado de coisas”, elas simplesmente venham abaixo sobre você, ou sobre alguma outra pessoa que não tem nada a ver com a arrumação de uma pilha tão mal feita - verdadeiro trabalho de lambão. Ou, o que mais provavelmente pode acontecer é, alguém precisar de algo que está naquela pilha. Começa então a tirar e a pilha inteira cai no chão. É uma situação muito engraçada com coisas leves, mas coisas pesadas certamente provocarão pés esmagados e alguns ossos quebrados. Existe uma outra forma de empilhar errado: deixar o material amontoado em corredores e em locais
de trabalho. Em seguida, alguém vem passando e tropeça ou bate com a cabeça naquela coisa toda.
Agora podemos listar a forma certa de empilhar material.
Diferentes materiais tem que ser empilhados de diferentes maneiras.
Existem diferentes formas de empilhar caixas de papelão, barris, tubos e outros materiais. Assim, vamos aprender a melhor forma de empilhar o que temos para empilhar. Vamos definir o local de empilhar e então fazer o empilhamento da forma que sabemos ser a correta.
Porém, há alguns pontos que se aplicam a diferentes casos de empilhamento. Primeiro, faça travamentos cruzados sempre que possível. Isto se aplica a caixas, barris e muitas outras coisas de formas regulares. Em segundo lugar, certifique-se de que esteja empilhando sobre uma fundação sólida. Em terceiro lugar, empilhe o que for mais pesado embaixo. Nunca empilhe objetos pesados sobre os mais leves. Se você se encrencar e a pilha começar a se desfazer, ou a se inclinar, ou se os objetos não se encaixarem ou ficarem difíceis de tirar sem derrubar a pilha, refaça a pilha da maneira correta, não importa quanto tempo vai levar.
Não deixe uma pilha mal feita. Não vá embora pensando que voltará depois para consertá-la. Conserte-a na hora. Cada minuto em que a pilha ficar mal arrumada, será como uma bomba pronta para explodir e ferir ou matar alguém.
Nosso principal interesse está em boas práticas de empilhamento. Elas podem evitar acidentes. Porém, existe um outro argumento a nosso favor. O bom empilhamento ajuda a
obter eficiência. Ele torna mais fácil conseguirmos o que queremos quando precisarmos, com o menor esforço. Assim sendo, para tornarmos nosso trabalho mais seguro e mais fácil, devemos seguir as regras abaixo:
- Empilhe material no lugar certo e não o deixe amontoado em corredores e em locais de trabalho;
- Siga as regras corretas de empilhamento para o tipo de material que você está arrumando;
- Não abandone uma pilha instável ou mal arrumada, sem antes corrigi-la;
- Faça a pilha de forma que os itens no topo possam ser removidos sem ter que puxar os itens que estão embaixo.
Postar um comentário