terça-feira, 30 de março de 2010

Cintos de segurança: a má informação pode ser perigosa!

O Brasil é responsável por 10% de todos as mortes ocorridas no mundo inteiro por acidentes automobilísticos.
Os acidentes no Brasil custam, sem considerar o aspecto humano, as quantias fabulosas de US$ 2 bilhões em perdas materiais e outros 2 bilhões em perdas sociais.
Muitas pessoas acham que um cinto de segurança preso poderia retardar uma tentativa de escapar de um veículo em chamas ou submerso.
Nada melhor do que a verdade. Em primeiro lugar, menos de meio por cento das colisões com vítimas envolvem incêndio ou submersão! Em tais acidentes, sua primeira preocupação deve ser ficar consciente para escapar. Um cinto de segurança preso minimizará bastante ou eliminará a possibilidade de ferimentos, de forma que você poderá escapar.
Muitas pessoas acham que é mais seguro ser arremessado num acidente. Vejamos!
Se você for arremessado de um veículo, suas chances de morrer são 25 vezes maiores do que se você permanecer dentro do veículo. A força da colisão pode arremessar você a uma distância de aproximadamente 15 vezes o comprimento do carro. Portanto, achar que ser arremessado é mais seguro do que ficar no carro é idiotice; o arremesso para fora do carro envolve passar pelo pára-brisas ou sair pela porta. Uma vez do lado de fora, perigos adicionais como o de sair se arrastando pelo chão, o de ser esmagado pelo próprio veículo, o de ser lançado contra objetos na lateral da estrada aumentam espantosamente seu risco de vida. O lugar mais seguro numa colisão é dentro do próprio veículo, protegido pelo cinto de segurança.
Têm sido descritos traumas devido ao uso de cinto de segurança. Nestas raras situações, contudo, o cinto estava sendo usado inadequadamente ou o choque foi tão violento que o ocupante seria fatalmente lesado se estivesse sem o cinto.
Ocupantes sem cinto foram mortos em velocidades menores que 20 Km/h – velocidade de quem está estacionando, mostrando que cintos são necessários não apenas em velocidades altas.
Em veículos da Empresa, o uso de cinto de segurança é obrigatório durante todo o tempo - sem exceções. Em seu veículo pessoal, os cintos de segurança são obrigatórios durante todo o tempo para todos os passageiros - sem exceções.
Não dê informações erradas sobre o cinto de segurança - dê uma informação clara e verdadeira. Passe à frente a mensagem de que “cinto de segurança salva vidas”.
Postar um comentário