terça-feira, 2 de março de 2010

Cabos de extensão

Não há nada a respeito dos cabos de extensão que possa sugerir algum perigo. Não há peças móveis, não há chamas e nem barulho. Eles são inofensivos... mas podem ser perigosos, se mal usados.
Somente bons cabos devem ser usados. De preferência aqueles que são testados e aprovados por laboratórios de testes de equipamentos elétricos. Os cabos que apresentarem desgaste devem ser reparados ou jogados fora.
Você pode controlar alguns dos riscos associados ao uso de cabos de extensão. Antes de mais nada, nenhum cabo de extensão pode suportar uma utilização abusiva. Se você dobrálo, der um nó, cortá-lo, amassá-lo ou mesmo curvá-lo, você poderá estar danificando seu revestimento isolante. Isto poderá causar um curto-circuito ou um incêndio, ou mesmo um choque elétrico.
A maioria dos cabos elétricos transporta eletricidade comum de 110 volts. Sem dúvida, você já recebeu, alguma vez, um choque de uma rede de 110 volts sem grandes problemas, a não ser uma sensação de tomar um puxão. Sob certas condições, uma rede de 110 volts pode matar.
Tais condições podem ser representadas por um toque, num cabo sem revestimento com as mão molhadas ou suadas, ou pisar em superfície molhada, em contato com um tubo de
água ou de vapor, ou outra conexão elétrica.
Assim sendo, proteja o cabo de extensão que estiver usando.
Enrole-o em grandes laçadas. Não o dobre desnecessariamente.
Não o submeta a tensão. Um cabo nunca deve ser deixado pendurado numa passagem ou sobre a superfície, onde as pessoas possam pisar. Os motivos são simples: evitar armadilhas que podem causar acidentes e evitar danos ao próprio
cabo.
Se um cabo de extensão mostrar sinais de desgaste, ou se você souber que ele já foi danificado, troque-o por outro novo. Não conserte cabos por sua conta.
Em situações especiais, são necessários tipos especiais de cabos. Alguns são resistentes à água, outros não. Alguns são isolados para resistência ao calor, outros são projetados para suportar a ação de solventes e outros produtos químicos.
Não use cabos de extensão próximos à umidade, calor (incluindo equipamentos de aquecimento elétricos) ou produtos químicos, que possam danificar o isolamento, a menos que você tenha certeza de que o cabo em questão seja do tipo apropriado para esta situação em particular.
A utilização adequada de cabos de extensão não é difícil nem complicada. O uso correto não toma muito tempo e pode livrá-lo de um choque terrível.
Estas regras devem ser aplicadas na utilização segura de cabos de extensão:
- Manuseie o cabo gentilmente, evitando tensioná-lo, dobrálo, amassá-lo ou cortá-lo.
- Pendure-o num local onde não perturbe a passagem ou possa representar riscos.
- Se mostrar sinais de desgaste, troque-o por outro novo.
- Se estiver na presença de calor, de umidade ou de produtos químicos, certifique-se de que seu cabo seja do tipo correto para resistir às condições existentes.
Postar um comentário