segunda-feira, 8 de junho de 2009

SOLVENTES ORGÂNICOS

Solventes orgânicos são misturas de substâncias químicas capazes de dissolver outros materiais. São compostos lipossolúveis. São voláteis e inflamáveis. A ação dos solventes orgânicos no corpo humano é semelhante ao efeito dos anestésicos, ou seja, inibe a atividade do cérebro e da medula espinhal, diminuindo a capacidade funcional do sistema nervoso central, tomando-a menos sensível aos estímulos. Os solventes são substâncias lipofílicas, ou seja, eles apresentam grande afinidade pela gordura, acumulando em órgãos e tecidos do corpo que possuem tecido adiposo (gorduras). Uma vez depositados, os solventes alteram a excitabilidade normal das células, suprindo a condução normal dos impulsos nervosos.
Os solventes como a gasolina, thiner e querosene, são considerados muitos voláteis e de fácil penetração no organismo através dos pulmões, podendo provocar após exposição longa, dores musculares, cãibras, alterações na sensibilidade superficial - dor e tato.
Os solventes como o benzeno em contato com a pele podem provocar lesões e queimaduras. Quando inalados após longa exposição, podem provocar edema pulmonar. Ao atingirem a circulação provocam depressão no sistema nervoso central, diminuição do número de espermatozóides ou sua deformação.
O benzeno não deve ser confundido com benzina. Difere dos demais solventes por sua ação mielotóxica, ou seja, possui ação na medula óssea, diminuindo o número de glóbulos brancos, vermelhos e as plaquetas. O primeiro sinal de toxidade do benzeno pode ser observado na coagulação sangüínea. Se diagnosticada nesta fase a doença é reversível. Se a exposição ficar contínua poderá instalar-se uma hipoplasia medular, surgindo a anemia e a diminuição do número de plaquetas. Recomendações importantes sobre o produto:
- Todos os solventes devem possuir:
1 - Identificação do produto químico;
2 - Seus riscos no manuseio do produto;
3 - Medidas de primeiros socorros e incêndios,
4 - Métodos de manuseio, transportes e armazenamento;
5 - Informações toxicológicas e ecológicas;
6 - Limites de exposição dos trabalhadores, vigilância médica a todos envolvidos;
7 - Utilização do equipamento de proteção individual por todos os trabalhadores expostos;

- Proteção em ambientes de trabalho:
1 - O local deve ser bem ventilado, protegidos do calor e de qualquer fonte de ignição, sendo expressamente proibido FUMAR;
2 - Usar os equipamentos de proteção como máscara para vapores orgânicos, luvas de PVC;

A preocupação que todos nós devemos ter quando manusear os solventes orgânicos é reconhecer os riscos que estes compostos representam à nossa saúde e que podem provocar com seu uso indiscriminado e freqüentes doenças que se manifestariam após longos períodos de trabalho.
Postar um comentário