quarta-feira, 17 de junho de 2009

Ruído

Em nossa vida diária, seja em casa, no trabalho, seja viajando ou nos divertindo, existem inúmeras situações nas quais estamos expostos ao barulho.
O trabalho, na maioria das vezes se apresenta como situação mais perigosa em função das muitas máquinas e equipamentos ruidosos e do tempo considerável que passamos sob estas condições.
O barulho é um som prejudicial à saúde humana porque causa sensação desagradável e irritante, que depende de alguns fatores:
1. Depende da freqüência e intensidade – a freqüência em Hertz e a intensidade em decibéis;
2. Tempo de exposição – quanto maior o tempo exposto, maior perigo;
3. Tipo de barulho – contínuo (sem parar); intermitente (ocorre de vez em quando) ou de impacto (ocorre de repente);
4. Distância da fonte – quanto mais próximo, maior risco;
5. Sensibilidade Individual – varia em função da idade e das resistência do organismo de cada pessoa;
6. Lesões no ouvido – problemas anteriores no ouvido (infecções e inflamações).

EFEITO DO BARULHO À SAÚDE:

Efeitos no trabalho:
problemas de comunicação; baixa concentração; desconforto; cansaço; nervosismo; irritação; baixo rendimento; perdas de reflexo.

Efeitos ao organismo:
estreitamento dos vasos sangüíneos; aumento da pressão arterial; ansiedade; tensão; insônia; problemas digestivos (úlceras, gastrite); problemas cardíacos.

Efeitos à audição:
Trauma acústico – é a perda auditiva repentina causada por barulhos de impacto como explosões;
Perda auditiva temporária – ocorre após exposição a barulho intenso, mesmo por curto período de tempo. A audição volta ao normal após algum tempo;
Perda auditiva permanente – ocorre pela exposição repetida, durante longos períodos, à barulhos de alta intensidade. É irreversível, porque destrói as células auditivas.

SINAIS DE PERDA AUDITIVA

  • Zumbidos ou sons estranhos no ouvido. São notados, geralmente depois do período de
  • trabalho, em ambientes silenciosos ou ao dormir.
  • Incapacidade de ouvir sons baixos ou de alta freqüência.
  • Dificuldade em ouvir e entender uma conversa ou falar ao telefone.
  • Os sons são ouvidos de forma abafada.
COMO PREVENIR
  • De imediato, fazer uso contínuo de EPI – Protetor auricular.
  • Demais procedimentos devem haver considerações técnicas.
Postar um comentário